Geral

A operação nas próximas semanas detém, são suspeitos de mover o dinheiro para o maior militares no estado – Distrito Federal-R7 Jornal de Brasília

Um jornal em Brasília, o Jornal de Brasília

Mulheres Do Rock
[email protected]

Na manhã desta quarta-feira (3), a operação da Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCERJ) e o Ministério Público (MP) prendeu seis suspeitos na movimentação de dinheiro da maior milícia do estado, e a Liga da Justiça da américa. Um dos suspeitos detidos é Policial Militar aposentado.

Um dos procurados, Luis Antônio da Silva, de Braga, que é conhecido como Zinho e um irmão, Wellington da Silva, de Braga, que é o Ecko, você está na corrida. Ecko é apontado como o cabeça do grupo paramilitar conhecido como Bonde do Ecko. Os dois são considerados foragidos de outras operações.

No bloco, e o sequestro de bens de empresas que tenha sido autorizado pelo tribunal de justiça do Rio de Janeiro. A força-tarefa da operação, com mais de 11 mandados de busca e apreensão. Eles afirmam que a milícia tinha lavado o dinheiro em suas atividades com o apoio de empresas como o hessel, Aluguer de Equipamentos, Lda. e a Maalá-Extração e Comércio de Brita Eireli.

Os seguintes suspeitos foram indiciados na operação, a Carla dos Santos Alves da Silva, fang;
Clayton da Silva Novaes, SOU aposentado, vinculado.
As Portas Alves, Duque de, anexado;
Jenilson Simões Gonçalves, obrigado.
Luis Antonio da Silva, em Braga, e o Zinho, sobre a executar;
Marca de Jacó, a casa das sete mulheres, um prisioneiro;
Sydney, Coutinho e Perrut, ele ficou preso. Prisão

Clayton da Silva Novaes é um policial aposentado e foi posto na prisão, na Baixada Fluminense, em Paracambi, na madrugada de hoje (3). O regime, liderado por Zinho, e Clayton tinha um negócio que gerou uma receita total de cerca de us$ 42 milhões entre 2012 e 2017, a empresa pode ser de cascalho.

Procurou-depois de ter sido indiciado por associação criminosa e lavagem de dinheiro. De acordo com a pesquisa, comerciantes e habitantes dos lugares apreendidos pela milícia, eles estavam em perigo, além de caminhões de transporte e o pirata de TV a cabo assumiu o controle da região.

De acordo com a acusação, a organização criminosa que é o legado de um clique no nome das Três Pontes, e os grupos têm espalhados nas terras Baixas do Rio de janeiro e outros locais em todo o estado.

A força-tarefa é composta de departamento-geral para a Luta contra a Corrupção, Crime Organizado e Lavagem de Dinheiro para a Polícia e as Operações do Grupo, Especialmente na Luta contra o Crime Organizado do ministério público. As prisões foram ordenadas pelo juízo, na 42ª Criminal do tribunal da comarca da Capital.

O pós-Operação nas próximas semanas detém, são suspeitos de mover o dinheiro é a maior milícia do estado apareceu primeiro em JBr..

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757