Geral

A PF dá uma indicação de que os aliados do primeiro-ministro e o ‘candidatos em laranja, as DIFERENÇAS de Minas – Notícias – R7, Minas Gerais

Operação de Voto de ostentação e investiga o esquema de desvio de dinheiro no as DIFERENÇAS De Walton / TV Record em Minas

A Polícia Federal em Belo Horizonte, foi indiciado, segunda-feira (1), três dos aliados do ministro do Turismo, Marcelo, Álvaro Antonio (PSL), e todos os quatro candidatos a partir das DIFERENÇAS em Minas Gerais, identificadas como âmbar. Todos estes são medidos pela Operação do Sufrágio universal e a Ostentação, que avalia os desvios das verbas do fundo como uma festa.

Entre os aliados do ministro, é o assessor especial para Mateus Von Si mesmo e de seus ex-assessores do gabinete, Robby Jones, e Haissander Souza de Paula, que foi preso temporariamente na cidade de Belo Horizonte, e eles foram libertados por ordem do tribunal na última segunda-feira (1º). Os quatro candidatos são, de Naftali, de Oliveira Neres, Deborah Gomes Silveira, Camila Fernandes, Rosa e Lilian Bernardino de Almeida.

Todos eles foram denunciados, e eles podem ter de responder por crime de perjúrio, aplicação irregular de fundos, e associação criminosa. Na pesquisa, você será enviado para a Procuradoria, que poderá ou não oferecer a denúncia aos tribunais.

De acordo com a pesquisa, em Si mesmo, seria o ponto de contato entre o PSL e as artes gráficas. Já que os outros dois são conselheiros para atuar como co-presidentes da campanha, os candidatos supostamente usado para desviar os recursos dos candidatos eram mulheres.

As quatro mulheres manteve-se em silêncio durante o depoimento prestado à PF AQUI. Juntos, eles têm de R$ 267 mil milhões de euros do fundo, um defensor das DIFERENÇAS em Minas, mas ele só tem 2.084 votos, de acordo com informações do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

De acordo com a pesquisa, uma parte do dinheiro foi gasto na eleição para a aquisição de materiais de negócio dos aliados, o ministro do Turismo, Marcelo, Álvaro Antonio (PSL).

A operação

Na quinta-feira (27), a PF é conduzido para a segunda fase da Operação do Sufrágio universal e a Ostentação, e prendeu três dos aliados do ministro do Turismo, Mateus Von-Próprio, assistente especial do Marcelo, Álvaro, Antonio, e o ex-assessores do gabinete, Robby Jones, e Haissander Souza de Paula. Todos eles foram convidados deliberdade negado pela justiça Eleitoral, na cidade de Belo Horizonte, no sábado (29 de março), mas ele foi lançado na última segunda-feira (1º).

A notícia entrou em contato com um diretório de muitas das DIFERENÇAS nos estados de Minas Gerais e está aguardando uma resposta.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757