Geral

A taxa para a flatulência das vacas, e as outras cinco impostos “de fora” da história, uma nova A7 Internacional

O pagamento do imposto, como é ilustrado por esta gravura do britânico, acontece, há mais de 5 milhões de anos atrás-BBC-BRASIL/Getty Images

Foi Benjamin Franklin, um dos pais fundadores dos Estados Unidos, “só há duas coisas garantido na vida: a morte e os impostos.”

A idéia de um Estado, ou uma decisão que vai cobrar-lhe dinheiro para os seus cidadãos, em teoria, a prestação de diversos serviços para o público – nasceu no Antigo Egito, há cerca de 5 mil anos atrás.

Desde então, o conceito tem sido adotado por todos os tipos de civilizações em todo o mundo. Ver também a ilha do paraíso, que foi se deteriorando, e agora está disponível para compra, Como o Brasil deve preparar-se, na contagem regressiva para o ‘Século da Ásia”

Coletados por meio de impostos sobre bens e serviços, ou na forma de impostos indiretos, tais como imposto de renda, que foi criada pelos britânicos em 1800, para financiar a luta contra Napoleão – os impostos são os pagamentos obrigatórios cujo descumprimento é punido por lei.

Alguns deles tiveram um impacto tão grande que ele chegou a causar guerras. Talvez o caso mais notório foi o imposto sobre o chá e outros bens que levou os colonos para os Estados Unidos a se rebelar contra a Coroa britânica. A disputa que originou a guerra de independência do país.

Mais recentemente, os preços de alguns produtos, como sacos de plástico – um dos maiores poluentes do planeta, que tem o objetivo de reduzir o seu consumo.

No entanto, na história do imposto é cheio de taxas, o que, pelo menos à primeira vista, pode parecer ridículo.

Neste artigo, a BBC reuniu o que são, talvez, os seis impostos são os mais curiosos da história. O faraó egípcio tinha o monopólio da venda de petróleo bruto, e também para a taxa de NOTÍCIAS BBC-BRASIL/Getty Images

1. O óleo do faraó

Os faraós do Antigo Egito, foram utilizados coletores de impostos, assim chamado, veio, para arredar o dinheiro do povo. Não houve impostos directos, a única impostos sobre alguns produtos.

Um deles foi o óleo de cozinha.

Os antigos egípcios não só teve que pagar uma pequena taxa para a utilização do petróleo, mas eles também foram obrigados a fazer uma compra diretamente do faraó, que tinham o monopólio do produto.

O abuso não terminá-lo, com a reutilização do óleo foi proibida, e o rei enviou funcionários para monitorar as casas dos cidadãos.

2–Uma-wee rígido

Muito tempo mais tarde, durante o século 1, o imperador de Roma decidiu cobrar por um produto que é ainda mais exótico do que o óleo de cozinha na urina.

Isto é porque a amônia é um composto químico encontrado na urina, e tinha um monte de aplicações industriais, especialmente na lavanderia. É também amplamente utilizado em curtumes.

Em seguida, o imperador Vespasiano decidiu impor um imposto sobre a venda da urina nos banheiros para o público.

Acredita-se que, para o bem da taxa, que foi criada pela expressão, em latim, pecunia non olet (o dinheiro não tem cheiro).

Não se sabe exatamente quanto de Água foi capaz de levantar com este imposto, é legal. Por outro lado, a popularidade do imperador ficou para sempre ligada à urina para este dia, em Roma, e a depender da finalidade para o público são o que são conhecidos como “vespasiani” em honra do monarca. Por um imposto sobre a urina, e do imperador Vespasiano, para este dia, está associado com mictórios, a NOTÍCIA da BBC-BRASIL/Getty Images

3–Por a barba de Henry e Pedro

De volta em 1500, ocorreu o rei da Inglaterra, Henrique, o dia 8, uma nova forma de arrecadar dinheiro para a Coroa: o barbas. Por isso, criou um imposto de renda para todos os homens, que usava a barba – taxa que varia de acordo com o status social da pessoa.

“A ideia era ser um sinal de classe mais alta. O imposto é significava que você terá dinheiro suficiente para pagar uma taxa para o uso da barba”, disse à BBC Mundo, serviço em espanhol da BBC, um especialista em impostos Heather Auto, sócio da empresa de contabilidade Blick Rothenberg.

A filha do rei Henrique, Elizabeth 1ª, confirmou o imposto, quando chegou ao poder. A taxa a ser cobrada para quem tinha uma barba mais de duas semanas.

Agora, quase dois anos depois, o czar Pedro 1 da Rússia, mais conhecido como Pedro, o Grande, trouxe o mesmo imposto, mas, neste caso, a premissa é a de mudar os hábitos dos capilares no seu interno.

Parecia que o czar queria incentivar os russos para ser barbeado, ele queria que os homens a adotar o estilo usado na Europa Ocidental.

4 é Um ponto de vista, o que é mais

Em 1696, o britânico ter encontrado outra maneira criativa de imposto sobre os ricos: eles começaram a cobrar para a janela.

O mais janelas de uma casa, havia, mais imposto o proprietário do imóvel teria de pagar o preço.

A lógica é que as propriedades dos ricos não eram do windows.

Mas a verdade é que o imposto tem levado as pessoas a construir casas com poucas janelas. Ainda hoje, em algumas casas mais antigas, pode ser visto nos espaços das janelas são fechadas com tijolos.

Os problemas de saúde que são causados pela falta de ventilação nas casas levou à extinção do imposto em 1851. Pedro, o Grande, queria impor a moda da barba raspada na Rússia, BBC NEWS uk/Getty Images

5. A astúcia do Oliver

O imposto não apenas para aumentar a arrecadação para o governo, alguns países têm também usado como uma ferramenta política.

O melhor exemplo foi dado a você por um puritano Oliver Cromwell, que declarou guerra contra a monarquia do Reino Unido no início do século 17.

Depois de levantar-se e ser chamado de “Lorde Protetor” – o chefe do Estado-da-temporada – de-Inglaterra, Cromwell, promulgado um imposto de renda de 10% para ser capaz de financiar um exército para a repressão sobre os cidadãos que são leais à coroa.

Qualquer um que teve de pagar tal taxa? O mesmo monárquicos que ele está enfrentando. Cromwell utilizados os impostos para ferir seus adversários na BBC NEWS-BRASIL/Getty Images

(6) A flatulência das vacas

Exemplos de impostos e “criativo” estão no passado. Atualmente, existem também os impostos que o moderno “excêntrico”.

Uma delas foi a de que o imposto para peidar de gado.

Embora possa soar engraçado, a verdade é que é a flatulência do gado, ele contém metano, um dos principais gases de efeito estufa que causam o aquecimento global. O gás liberado pela vacas que são prejudiciais para a camada de ozônio, a NOTÍCIA da BBC-BRASIL/Getty Images

É por esta razão que alguns dos países da União Europeia, já cobrar impostos sobre o seu gado.

O maior custo do gado pela flatulência de seu rebanho é na Dinamarca, onde o designer tem de pagar US$ 110 (US$ 384) sobre as acusações.

BBC Brasil – Todos os direitos reservados – É proibido qualquer tipo de reprodução, sem permissão prévia por escrito da BBC

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757