BrasilDestaqueEducaçãoGeralMundoNotíciasPolicia

Chefe de cozinha é indiciado por furto

O homem furtava peças de picanha em restaurante do município turístico de MS

Um chefe de cozinha foi indiciado por furtar diversas peças de picanha do restaurante onde trabalhava, em Bonito.

Um dos principais destinos turísticos de Mato Grosso do Sul, a 278 quilômetros de Campo Grande.

O chefe de cozinha relatou ainda aos policiais que quando começou a furtar as picanhas chegou a vendê-las, porém, a maioria era para consumo próprio.

O furto começou a ser investigado pela Polícia Civil de Bonito após denúncias de que estava sumindo peças de picanha do estoque do restaurante, um dos principais da cidade.

Na quinta-feira (17), câmeras de segurança flagraram o chefe de cozinha batendo o ponto às 22h50, indo em direção ao freezer com uma mochila nas costas aparentemente vazia e minutos depois saindo de lá com a mochila cheia.

Ao ser verificado quem seria suspeito pelo sumiço das carnes, policiais foram à frente do restaurante na noite do dia seguinte e abordaram o chefe de cozinha ao final do expediente dele.

Na mochila que tinha nas costas foram encontradas sete peças de picanha, avaliadas em R$ 450. Ele foi então preso em flagrante por furto.

Conforme a polícia, o dono do comércio contou que o cozinheiro era um dos funcionários mais antigos da casa e tinha sua total confiança, sendo o responsável por fazer o controle de estoque de carne e pescados.

O comerciante disse ainda aos policiais que além de vínculo empregatício, também tinha relacionamento pessoal próximo com o suspeito.

De acordo com o delegado Gustavo Henriques Barros, o cozinheiro falou que trabalhava no local há 4 anos e que começou a furtar carne em novembro de 2018.

“Ele disse que desde o ano passado,  fazia o furto”. autoridade policial,  indiciou o homem por furto qualificado pelo abuso de confiança.

A Polícia Civil estima que o funcionário cometeu cerca de 30 furtos do mesmo jeito. O prejuízo à vítima está avaliado em R$ 13,5 mil.

Passou o fim de semana na cadeia e na segunda-feira (21), foi colocado em liberdade por decisão judicial durante audiência de custódia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757