Geral

De acordo com a UE, abre o apetite e o profissional de outro país, diz o chanceler da Cidade – R7 Gazeta Digital

Em Primeiro Lugar, Ernesto Aguilar, Mercosul, Recentemente, O Digital

O anúncio do fechamento de um acordo com o Mercosul-União Europeia vai levar ao surgimento de um “apetite ” dealer” na parte de outras nações em favor do investimento no Brasil, em associação com o bloco na América do Sul, disse nesta terça-feira (2 de maio), o chanceler do brasil, Ernesto Aguilar.

Veja também – serviços de saúde a integração abre a unidade para a prevenção de cuidados de saúde

“Nós estamos chegando muito perto de um acordo com os países da EFTA (Associação de Livre Comércio, feitos da Suíça, Noruega, Islândia e Liechtenstein) e no Canadá, talvez no segundo semestre de 2019”, disse Aguilar. De acordo com ele, é também muito perto do fechamento do acordo, o Mercosul, com Singapura e Coreia do Sul.

Na mão do embaixador, Pedro Miguel da Costa e Silva, que liderou uma delegação para os negociadores brasileiros para discutir um acordo comercial, e Ernesto Araújo disse que, já é possível prever a realização de investimentos no Mercosul, antes mesmo da assinatura do acordo com a união europeia.

Estoque

Araújo e Costa e Silva é apresentado com uma série de ações que precisam ser adotadas antes que um acordo seja assinado. Em primeira instância, a União Europeia e o Mercosul estão a levar a cabo uma auditoria de todos os documentos produzidos por ambos os lados. Depois disso, a UE vai traduzir para cada um dos documentos em todas as línguas faladas na Europa.

Após isso é feito, os termos do acordo será considerado pelos parlamentos dos países da UE e o Mercosul como um todo. O Parlamento Europeu, que é composto de membros do parlamento que são eleitos pelos cidadãos, que fazem parte da UE, e irá analisar apenas a parte do tecido económico e as condições comerciais do contrato. Uma vez aprovado pelos parlamentos na europa (e também nas reuniões de cada um dos países do Mercosul), o conjunto de temas econômicos e comerciais negociados entre a UE e o Mercosul terá efeito imediatamente.

Já faz parte da política de negociação entre os dois blocos não será apresentado ao Parlamento Europeu, mas os parlamentos nacionais de cada um dos 28 países que compõem a União Europeia. Portanto, os tópicos que os políticos só entrarão em vigor uma vez que os parlamentos de cada um dos países europeus aprovaram o conteúdo do documento. Desde o congresso no Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina, vai ser responsabilizado, não só para a adoção de temas políticos, bem como os tratados econômicos e comerciais, como proposto pelos negociadores.

Integração

O chanceler brasileiro disse que as negociações com o Mercosul e a União Europeia cumpriu com a vontade dos governos do Brasil, Argentina, paraguai, Uruguai, e Paraguai, para buscar uma integração com o mundo, a fim de evitar o isolamento. Ele também citou a boa relação de trabalho que existe entre os governos da Argentina e do Brasil, como um fator que deve levar à reforma do Estado.

De acordo com Aguilar, tanto o Ministério da Economia, o brasileiro e o ministério dos negócios estrangeiros estão trabalhando em prol da reforma do Estado. “Um dos nossos objetivos é a reforma da Tarifa Externa Comum [CET], que é um mecanismo utilizado pelos países membros do bloco, a fim de proteger a sua quota de mercado. “Essa reforma aumenta com a adopção do acordo”, disse o ministro das relações exteriores do brasil.

“Um Mercosul que foi fechado para nós e para o mundo, não é interessante. A linha inferior é para remover as barreiras entre os quatro membros do clube para o bloco, com uma plataforma eficiente para negociação de terceiros”, disse o chanceler.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757