Geral

Ela Estava sobre a crítica da época: “se eu fosse um homem, você não fala assim’ nas Cidades – R7 Folha Vitória

Foto: repoducao Folha Vitória, Folha Vitória

Você está prestes a iniciar a quinta temporada de Dança no Brasil. E, como resultado, para o Registro, a TV tem realizou a conferência de imprensa da competição, que estreia na quarta-feira, 3 de junho, sob o controle da Xuxa Meneguel.

Em uma entrevista com a imprensa, a loira estava excitado e para deixar o seu amado Junno Andrade livre, depois de fazer algumas perguntas. Quando perguntado sobre como era estar do lado Dela na atração, ela interrompeu a resposta e disse: – seguinte, na parte da frente e na parte de trás, não é?

Em resposta, ele riu e disse, ” Você não pode fazer esse tipo de pergunta próximo a ele. Mas a apresentadora também falou sobre os problemas de natureza mais graves, como o fato de que ele pode ser ouvido através dos tempos. “Eu tenho ido aos 60 anos de idade ou mais. Eu tenho minhas próprias limitações. Isso não quer dizer, no entanto, que ele não reflete sobre a crítica, mais resistente ele está recebendo nos últimos tempos com a idade: “Se eu fosse um homem, você não fala assim. A sociedade vê o homem como mais maduro, melhor, mais bonito. O cabelo branco, a melhor. Talvez nós temos feito isso. Não estou falando mal do homem. Estamos acostumados a tal coisa. A mulher tem que ser bem preparado, você não pode estar velho. Precisamos pintar o cabelo para não aparecer o cabelo é branco. Eu acho que nós temos que fazer o que você quiser, mesmo se que incomode algumas pessoas, ou muitos. Nos eua isso é ser feliz.”

E por falar em fazer o que você quer, mais uma vez, a loira falou sobre seu novo corte de cabelo, o que deu origem à controvérsia assim que Me cortar, eu deixá-lo crescer um pouco mais e pintei. Eu estou pensando em mudar a cor durante o programa. Desde que eu já tinha pintado de preto. Agora, eu não sei mesmo o que eu vou fazer. Qualquer mudança em mim, todo mundo usa. Talvez eu tenha que fazê-lo em plástico, e colocá-lo diretamente em ninguém com quem conversar.

Este discurso, aliás, entrou, seguida de uma reflexão sobre os problemas do dia de hoje: – As pessoas são amargas e desrespeitoso. Se eu aparecer sem maquiagem, fala logo que eu sou velho, e se você cortar o cabelo para dizer que ele não tem mais jeito. Eles chamar nomes uns dos outros. As coisas são muito interessantes. Eu só posso imaginar que eles estão escrevendo sobre o outro lado e coloque o ódio em algo que está me fazendo bem. As pessoas que estão se machucar muito, e vi uma forma de machucar os outros. Outro assunto coberto por Show, e foi para o feminismo, mais e mais a cada dia que é latente no presente.

Mas ela foi crítica de pessoas que são mais radical, defendendo que o importante é estar bem com você, e que eu Acho que é errado para as pessoas para levantar a bandeira. Eu sou oposição a algumas das pessoas que levantaram a bandeira do feminismo. Você quer ter um pouco de cabelo debaixo do braço? Há aqueles que os querem. Cabelo branco? Você tem o que você quer. Pintar o cabelo de preto? De cor. As pessoas precisam para ser feliz. Só não acho que é legal ter uma coleção. Eu não concordo com todo o hype de hoje.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757