Geral

Em 2019, 1 em 100 pessoas têm procurado a proteção de programas de governo para VER

Dois programas do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos visa proteger aqueles que são ameaçados e fechado em 2019, com cerca de 1 em cada 100 para ser atendido.

Um dos programas na pasta Damares Alves, que vem para as ameaças contra defensores de direitos humanos, mídia e ambiental (programa nacional). O outro é direcionado para as vítimas e testemunhas (Provita).

O programa funciona no serviço ao cliente e seguimento de casos em situação de risco e a ameaça para todo o território nacional. Atualmente, 645 defensores de direitos humanos de todo o país estão sendo seguidas. Deste total, 203 são cobertos pelo programa do governo federal, e 20 foram incluídos no ano de 2019.

Já, o Provita atende cerca de 500 pessoas em todo o país. Desde a sua criação, e nenhum daqueles incluídos havia ameaças feitas contra eles, para ser implementado. O programa também fornece suporte para o psicológico, social e jurídico, bem como para o acompanhamento do caso em que o usuário está trabalhando com a Justiça.Publicidade

Este ano, o programa pretende ampliar o número de vagas disponíveis e para melhorar as suas regras, e o desenvolvimento de uma nova transferência, e novas garantias de proteção, e com a possibilidade de um acordo internacional.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757