Geral

Empregadores não vai ser capaz de deduzir as despesas para que os funcionários estão autorizados a IR | VER

O Imposto de Renda (IR), por parte dos empregadores, com a assistência dos empregados domésticos não será permitida, em uma declaração deste ano. Com esta medida, o Ministério da Economia, espera arrecadar cerca de 700 milhões de reais — a renúncia do imposto mostrado para o último ano, por conta do benefício, foi 674 milhões de dólares. O serviço de Receitas internas permite uma dedução de despesas de até 1200,32 o efetivo pagamento da segurança social, mesmo no último ano. A regra não tinha validade e não foi renovada pelo governo.

Para que ele seja estendido, e o benefício que ele teria que ser votada pela conferência Nacional do ano anterior. Assim, como ele não foi visto no ano passado, como você só pode voltar para as regras de declaração de imposto de renda no ano que vem, e se aprovada pelo Legislativo até o final de 2020.

Em 2019, a defasagem na tabela do Imposto de renda-Renda (imposto de renda) foi 103,87%, de acordo com um levantamento do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional). O estudo foi realizado com base na diferença entre a inflação oficial, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor amplo (IPCA) acumulado de 1996 a 2019, e as correções da tabela ao mesmo tempo. A partir de 2015, a mesa, o Imposto de Renda não se alterar. Em 1996, o ano de 2014, a tabela foi corrigida em 109,63%.

Durante o ano passado, o governo está a estudar mudanças no IR. Fontes no Ministério da Economia, eles assumem que o ministro Paulo, o Guia afirma que medidas deste tipo são concedidos apenas para os muito ricos. Em setembro, VEJA você, apresentou uma proposta de reforma do imposto de estudo para o governo. No texto, e projetado, ainda sob a gestão de Marcos Cintra, como o secretário da Receita Federal do brasil, foi para limite de isenção para pessoas com doenças graves. As alterações na GO estão incluídas na agenda da reforma tributária, preparada pelo secretário da Receita, senhor. José Barroso Tostes Neto. Imposto de renda 2019Ministério o EconomiaPaulo GuedesReceita Federal

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757