BrasilDestaqueEducaçãoGeralMundoNotíciasPolicia

Meninas que desapareceram depois de deixar carta são encontradas

Elas foram encontradas por um voluntário da Defesa Civil Municipal na noite de quarta-feira (2).

Três meninas que desapareceram depois de deixar uma carta dizendo que cumpririam um “desafio”, foram encontradas na quarta-feira (2), ás 20h.

Segundo a Polícia Militar (PM), um casal reconheceu as meninas e chamou a polícia.

Elas estavam nos arredores da Catedral de Maringá (PR). De acordo com a Defesa Civil, as garotas – têm entre 11 e 12 anos – estão bem.

As meninas contaram à Polícia Militar que saíram de casa sozinhas e andaram o dia todo, não entraram  nenhum carro.

As três passearam no Parque do Ingá e depois foram até a Catedral, onde foram localizadas.

O desaparecimento

Evelyn, de 11 anos, foi dormir na casa de Luana, de 12 anos, e Yasmin, de 11 anos,  as três desapareceram na quarta.

Elas deixaram uma carta dizendo que ficariam fora de casa por uma semana para cumprir um desafio.

A mãe de duas delas saiu para comprar comida e, quando voltou, não encontrou mais as crianças.

As câmeras de segurança do condomínio onde elas estavam mostram as garotas saindo do local. As três com mochilas.

Cleonice Marques, mãe de Luana e Evelyn, contou  que as meninas ficaram até a madrugada anterior mexendo no celular.

O que fez com que ela chamasse a atenção das garotas.

Motivos para o desaparecimento

A polícia ainda detalhou que as meninas não tiveram contato com outra pessoa e que ficariam  um dia fora.

As três disseram á policia  que não participariam de nenhum desafio,  que escreveram isso para chamar a atenção dos pais.

Uma das causas para o desaparecimento seria uma bronca que a mãe de duas delas deu por causa de vídeos  no celular.

O Conselho Tutelar vai acompanhar as famílias para identificar o problema que existe dentro das casas das meninas.

Pedimos ao pais para ficarem mais atentos com as crianças, comportamento,agressividade.

Monitorar computadores, celulares, a onde vão e com quem. Procurar conversar com os filhos tentar entender o lado deles.

A Polícia Civil vai investigar o caso.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo