Geral

O brasil está de pé para a paz e a opor-se ao terrorismo, disse bolsonaro | VER

O presidente, Jair, bolsonaro disse esta quarta-feira, dia 8, o Brasileiro de pé para a paz e a opor-se ao terrorismo, ao comentar o discurso do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A declaração de bolsonaro foi dada em uma transmissão ao vivo para as suas redes sociais, logo após o anúncio da Trombeta.

No vídeo, bolsonaro tem também criticou o encontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente do irã, Mahmoud Ahmadinejad, em 2009. Na época, Lula tem mantido que a do irã seria “desenvolver um programa nuclear para fins pacíficos, e com respeito aos acordos internacionais”.

“Muitos pensam que o Brasil deve ser omitido a respeito do evento. Eu quero dizer apenas uma coisa, e que o Luiz Inácio “Lula” da Silva como presidente, ele permaneceu no Iran, e argumentou que o regime iria enriquecer urânio até 20%, o que é que [o limite] para fins pacíficos. Seria apenas uma questão. Temos que seguir nossas leis, nós não somos capaz de extrapolar. Então, eu não sei o que a verdade é que você tem a fazer parte do nosso dia-a-dia. Nós queremos a paz no mundo. Eu digo novamente, que o senhor, o Lula, como presidente, foi na república islâmica do irã, e lá ele tinha sido, na época, juntamente com o senhor, mahmoud Ahmadinejad, de que o país maneiras de aumentar o urânio até 20 por cento”, disse bolsonaro.

Na seguinte, bolsonaro citou no artigo 4 da Constituição, em ordem a justificar a sua posição pesquisa é a tensão entre os Estados Unidos e a república islâmica do irã. “em nossa Constituição, que diz aqui no artigo 4 da República Federativa do Brasil se rege em suas relações internacionais pelos seguintes princípios: * a preservação da paz e a rejeição do terrorismo”. Publicidade

O acordo sobre a energia nuclear até 2015, o que foi assinado, por parte do irão e os Estados Unidos, e impõe restrições sobre o programa nuclear do irão, com o objetivo de prevenir o país a produzir uma bomba. Em contraste, a maioria das sanções que os eua e internacional, contra a economia do país, foram removidos. O documento também afirma que a do irã poderia apenas manter uma oferta de 300 quilos de urânio pouco enriquecido. Um país pode enriquecer o urânio, a apenas 3,67%, que pode ser usado para abastecer, por exemplo, em um reator nuclear. No entanto, a figura está bem longe de ser a 90% do que é necessário para produzir uma arma atômica. O contrato também limita o número de centrífugas de que o país é capaz de operar, e os modelos reduzidos, lento e antigo.

No domingo, dia 5, o governo iraniano disse no comunicado oficial, que vai cumprir com as limitações previstas no presente contrato. O descumprimento foi a primeira resposta do Irã assassinato do major-general Qasem Soleimani, o comandante da divisão de elite da guarda Revolucionária do país. Ele TrumpEstados UnidosFacebookIrãJair Bolsonaro

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757