Geral

O clima vai mudar e vai aumentar o risco de inundações e de seca severa nas grandes cidades – Cidades – R7 Folha Vitória

Foto: Divulgação Folha-Vitória, Folha Vitória

Um quinto das grandes cidades do mundo para enfrentar as condições climáticas, “o desconhecido” por volta de 2050, disseram pesquisadores na quarta-feira (10), e agora que as temperaturas estão a subir, aumentando os riscos de secas e inundações.

Os cientistas do clima da Crowther-Lab, grupo de pesquisa do ETH de Zurique, universidade de ciência e tecnologia, olhou para o 520 vilas e cidades, incluindo a capital, e a maioria dos centros urbanos com uma população de mais de 1 milhão de pessoas.

Dadas as atuais condições de tempo para estas cidades, incluindo dados sobre chuvas sazonais, os cientistas projetaram, o que vai acontecer se as temperaturas subirem por outro grau mais próximo à superfície do alvo, para 1,5 graus Celsius é estabelecida no Acordo para Paris em 2015.

O relatório constatou que 22 por cento das vilas e cidades terão condições climáticas e até então desconhecido, até 2050, como as estações de seca e o de monções, são mais intensas”, disse Jean-Francisco Bastin, o principal autor do estudo.

“É uma mudança nas condições meteorológicas susceptíveis de aumentar o risco de inundações e de seca severa”, disse à Fundação Thomson Reuters. “Estas são as condições que você não sabe.”

A Organização das Nações Unidas (ONU), com quase 70 por cento da população mundial estará vivendo em zonas urbanas por volta de 2050.

Mas em muitas outras cidades, especialmente nas nações mais pobres, enfrentam desafios significativos, tais como a população das grandes e crescentes favelas que a falta de serviços básicos e correm o risco crescente de desastres relacionados com o clima.

De acordo com o Acordo de Paris, que foi ratificada por mais de 200 países em todo o mundo, os governos comprometeram-se a manter o aquecimento global estão “bem abaixo” 2 ° c e para definir um limite inferior de 1,5 GRAUS.

Para limitar o aumento global da temperatura de 1,5 ° C, seria evitar uma perda econômica de US$ 12 trilhões até 2050, de acordo com as nações unidas.

Cientistas da Crowther Laboratório, disse que o estudo, que foi publicado no jornal científico Plos One, foi a primeira análise abrangente das alterações previsíveis sob condições climáticas das principais cidades e vilas, o que resulta no aquecimento global.

A pesquisa constatou que 77% das cidades analisadas irá ver uma mudança notável em condições de clima para 2050.

As cidades de regiões tropicais, o que é susceptível de sofrer os impactos mais fortes alterações climáticas, vai ser uma mudança pequena na temperatura média, o estudo.

* Com informações da Agência Brasil

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757