Geral

O filho de Flordelis pede-lhe para Toffoli acesso para a investigação do assassinato – – Notícias – R7 ao Rio de Janeiro

Um membro da constituição federal de Flordelis

O filho de um membro do parlamento federal-Flordelis (SPD), convocada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, para dar-lhe o acesso para a investigação sobre a morte do pastor Anderson do Carmo. Ele é acreditado para ter sido envolvida no crime.

Ver também: “a Dor é uma perda enorme, e com a espada,” diz ele Flordelis

O advogado, Eduardo Mayr reclama sobre vazamentos de investigação. De acordo com ele, “na análise do material coletado, é claro que o Governador do Estado do Rio de Janeiro, foi informado sobre a natureza da pesquisa, como se deu a entrevista, e os pormenores do caso.”

“Ele estava indo para adicionar as histórias para as centenas, dando conta do vazamento do material, as entrevistas com o Adjunto do Promotor do GAECO, e o Governador do Estado, detalhando um SEGREDO e imaculada investigação”, ele argumenta.

Os advogados afirmam que “não é possível conceber uma autoridade administrativa para dar o conhecimento para a mídia sobre o conteúdo da pesquisa, no entanto, e ao mesmo tempo em que nega que a investigação tem o direito de acesso e de exercício da garantia constitucional do direito de defesa”.

“A divulgação de um segredo na imprensa, que faz o sigilo da investigação desarrazoado, uma das segredo dos macacos que revela desonestidade, a imoralidade e o desvio de finalidade, longe da transparência, suave, e desprovido de base legal e constitucional”, observa.

De acordo com a Polícia, o Militar, o pastor Anderson do Carmo de Souza, de 42 anos, foi executado por cerca de 4 horas, com vários tiros, e na chegada com sua esposa em casa e no bairro de Pendotiba. Ver, também, a Defesa pode pedir o cancelamento dos depoimentos, após a morte de um pastor, de um Advogado para o filho-de-Flordelis diz-lhe que a arma pode ter sido “plantada” Flordelis, ‘Por que você me condenar sem chance de defesa e sem o devido processo legal?’

De acordo com o MP, Souza, veio a ser tomado cuidado para o Hospital de Niterói D’or, no bairro de Santa Rosa, mas não resistiu os ferimentos.

O crime ocorreu?

Pastor Anderson do Carmo de Souza foi executado por cerca de 4 horas no início da manhã de domingo (16), com uma variedade de cenas, após a obtenção da mulher no lar e na vizinhança, Pendotiba, Niterói.

Quem são os suspeitos?

Na segunda-feira (17), a polícia suspeita de que as crianças podem estar envolvidas no crime. Flordelis, Anderson, são pais de 55 crianças, das quais 51 foram adotados. O primeiro preso, foi Acusado dos Santos Rodrigues, de 38 anos, filho biológico de Flordelis e o passo-filho do ano. A prisão aconteceu durante o funeral do seu padrasto. O outro é filho de um casal foi preso Lucas, Um dos Sagrada Família, de 18 anos de idade. Eles foram presos, inicialmente sob suspeita de estar envolvido em outros crimes.

Na quinta-feira (20), o tribunal de justiça do Rio de Janeiro emitiu um mandado de prisão temporária para os dois filhos do pastor. De acordo com a polícia, seria Cobrado, ele confessou participação na morte do pai. Apesar disso, os investigadores ainda estão tentando lançar luz sobre as circunstâncias do delito e determinar o envolvimento de outras pessoas na morte do pastor.

Quais são as contradições na confissão?

O relatório do Médico legista revelou que o corpo de um pastor era de mais de 30 furos – dos quais nove foram na região da virilha e na coxa, oito no peito, é causado pelo tiro, a curta distância, de cabeça, mas para que o réu confesso, teria dito que você disparou seis tiros. A polícia apontou que o número de buracos é insuficiente para determinar o número de tiros, porque um tiro pode resultar em mais do que um buraco.

Um membro é considerado suspeito?

A polícia e o Ministério Público não descarta o envolvimento de um membro do parlamento, com a morte de seu marido. A arma usada na execução do que foi encontrado dentro da casa pela polícia, mas até agora a polícia não conseguiu encontrar ele no telefone celular da vítima.

“Nós temos um monte de trabalho a fazer. Por esta razão, a notícia de início, todas as coisas que vêm para você (na mídia), de forma irresponsável, às vezes, dificultar a investigação”, disse ele na semana passada, delegado Barbara Ridge, responsável pela delegacia de polícia, o Assassinato da ponte rio-Niterói e são Gonçalo.

A polícia está buscando esclarecer a instrução?

Apesar de os filhos do casal assumiram a autoria do crime, a polícia quer esclarecer a dinâmica da execução, e ele diz que para todas as pessoas que tinham alguma coisa a ver com o pastor, eles estão sendo investigados, incluindo um membro do parlamento.

O que é o membro a falar sobre o caso?”

Um membro do parlamento, reiterou no sábado (22), na esperança de que eles vão ser inocente, e seus dois filhos presos em uma base temporária. “É estranho, eu não acredito que os meus dois filhos, são os responsáveis, porque eles confessaram. Eu não queria acreditar, e o meu coração de mãe, que me dá o direito de esperança”, ele escreveu a um membro do parlamento, em sua conta no Facebook, em uma mensagem, na qual ele negou escondendo as provas, e disse que ele pretende cometer o crime.

Flordelis disse que as declarações do agente. As “confissões” não são suficientes para condená-lo, e se você assistiu a entrevista com o vice-ele a ouviu dizer a mesma coisa. Vamos aguardar o fim da investigação e do julgamento. Que é o jeito que tem de ser,” ele escreveu para o parlamento.

Copyright © Acessado. Todos os direitos reservados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757