Geral

O ministério da Saúde alerta para o tratamento de alergias e do Distrito Federal – R7 Jornal de Brasília

A Escrita
[email protected]

Na segunda-feira (8) é comemorado o Dia Mundial para as Alergias. A data, que foi instituída pela Organização Mundial de Saúde (OMS), tem como objetivo aumentar a consciência pública sobre a importância do tratamento de alergias. De acordo com o Mundial de Alergia (WAO), cerca de 40% da população do mundo sofre de alguma forma de alergia. Já no DF, a estimativa da secretaria de Saúde de aproximadamente 1 milhão de pessoas com alergias.

De acordo com Anthony Matni, um médico de Referência do Distrito (IDT), de uma reação Alérgica ao Departamento de Saúde pública, a prevenção é o melhor tratamento. “Ele consiste em evitar os agentes desencadeantes, tais como alimentos, medicamentos, poeira, fungos, produtos químicos, etc. – isto é, quando ele é diagnosticado por um profissional, porque o processo de fumar é apenas controlado pela terapia de droga, e a previsão de cura”, diz ele.

A primeira resposta, diz o especialista, é realizado em unidades básicas de saúde (UBS) como próximo às casas dos usuários. No quadro de uma alergia a persistência, são enviados pelo sistema, as redes são de nível secundário ou superior, tais como o hospital regional da Asa Norte (Hran), a Mãe-e-Filho-de-Brasília (Hmib), de Taguatinga (HRT), e o Filho-da-Brasília – (C). Só no Hospital, diz o médico, é uma média de 240 pacientes por mês, que são relacionadas com alergias. Provas

Dependendo do órgão afetado, os sintomas de uma reacção alérgica podem variar dependendo do indivíduo. Anthony Matni diz que as vias aéreas superiores e inferiores, o que pode causar rinite e asma), o paciente apresenta-se com espirros, corrimento nasal, congestionado e coceira.

“Qual é a diferença entre o resfriado comum é a rinite, em geral, é persistente, sem febre, sem dores e dores, e coceira no nariz, e os olhos são, muitas vezes,” ele é. “Na asma, o paciente tem tosse produtiva, falta de ar e chiado no peito.” Já em alergia, doenças respiratórias, e atento para o especialista, as principais causas são ácaros, fungos e animais.

Na pele, as drogas que são a principal causa da urticária, além de químicos manuseados pelos trabalhadores é a principal causa de dermatite de contato. “Todos os alimentos também podem causar urticária, asma e dermatite”, diz Matni.

Com informações da Agência Brasília

O post do Departamento de Saúde pública em alerta para o tratamento de alergias apareceu primeiro em JBr..

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757