Geral

O ministério Público pede a anulação do contrato celebrado entre o Município de Pancas, e o escritório de advocacia – Cidade – R7 Folha Vitória

Foto: Divulgação/ Prefeitura de Folha de cálculo Vitória, Folha Vitória para o Município de Pancas, contratou a empresa de José Carlos Rizk Filho para r$ 247.500,00

O Ministério do Espírito Santo (MPE) entrou com uma Ação Civil Pública (ACP) contra o município de Pancas, para cancelar o contrato é celebrado entre o governo da cidade e o escritório de advocacia do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Espírito Santo (oab-es), José Carlos Rizk Filho.

De acordo com a ação, o contrato no valor de r$ 247.500,00, antes da prestação de serviços jurídicos na área do trabalho e emprego, por parte da empresa Rizk, Filho & amp; Associados, e foi realizada sem prévio procedimento licitatório.

A ação foi ajuizada pela promotoria de Justiça de Pancas. Nela, os GRUPOS argumentou que o contrato era ilegal e lesivo ao erário público, porque existem procuradoria jurídica, organizado pela a lei na cidade.

De acordo com a acusação, cabe ao Advogado prestar serviços jurídicos na área de trabalho de uma forma eficiente e regular o que estava acontecendo antes da contração. Para GRUPOS, ocorreu um desvio da finalidade original.

Além disso, a promotoria de Pancas afirmou que não era assunto para a realização obrigatória do processo de concurso e de contratação foi objeto de uma declaração de executoriedade. A fim de que a ratificação era necessário para que o concurso tenha sido publicado no Diário oficial do Espírito Santo no dia do 12º mês de junho.

Por meio de nota, o escritório de advocacia Rizk, Filho & amp; Associados informou que o processo para a entrega de seus serviços para o Município de Pancas, para atuar em assuntos na área do trabalho e emprego, foi, sob a mais absoluta imparcialidade e transparência, conforme exigido por lei. De acordo com a nota, os tribunais superiores já decidiram a normalidade deste tipo de contrato.

O escritório de advocacia também aponta que, até à data, nenhum serviço foi prestado em favor do Município de Pancas, e que a empresa Rizk, Filho & amp; escritório de advocacia não aparece como réu em uma ação ajuizada pelo Ministério Público. A empresa informou que irá fornecer todas as informações necessárias, quando ele é chamado pelo tribunal.

O relatório também tentou contactar o Município de Pancas, mas até agora não obtive retorno.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757