Geral

O novo chefe da diplomacia da UE tem tido problemas recentes com a federação da rússia – comunicado de imprensa A7 Internacional

Borrell tem causado mal-estar entre a Espanha e Moscou, Yiannis Kourtoglou/ Reuters – 29.1.2019

Apresentado na última terça-feira (2) para assumir o cargo de Alto Representante para a Política Externa da União Europeia (UE), o ministério dos negócios Estrangeiros de Espanha, Josep Borrell, se você se enfrentaram recentemente, com o governo da Rússia, um país com quem você precisa se relacionar para melhorar as tensas relações entre Bruxelas e Moscovo.

Em uma entrevista com o jornal espanhol El periódico, Borrell tem chamado a Rússia para um “velho inimigo” e uma “ameaça” para a Europa. As reivindicações que levaram à convocação, por parte do Kremlin embaixador do país, em Moscou, Fernando Valderrama, como uma forma de protesto.

“Nós temos um novo mundo no qual não podíamos imaginar há cinco anos. Trump não era um presidente, que não era um Brexit. Então, muitas coisas mudaram. O nosso velho inimigo, Rússia, volta e diz, ‘estou aqui’, ele será uma ameaça, a China é visto como um rival”, disse Borrell em uma entrevista. Veja também Macron, comemorou o acordo entre os líderes da UE e rápido

O ministro dos negócios Estrangeiros da Rússia, Sergei Lavrov, disse que ficou surpreso e decepcionado com as declarações, uma declaração que gerou mal-estar entre os representatnes do governo espanhol, que alegou que o Kremlin exagerou em sua reação a ele.

Até mesmo o presidente da federação russa, Vladimir Putin, comentou sobre o caso em uma entrevista recente para os chefes das principais agências de notícias do mundo, entre eles o presidente da Agência Efe) Fernando Garea. O tom não foi nada amigável, com Borrell.

“Não é o ministro dos negócios Estrangeiros, mas um proeminente político de nosso tempo. Em qualquer caso, ele quer ser assim. Para falar sobre a ameaça da Rússia, de Espanha, que está no outro lado do continente da europa, é um absurdo”, disse Putin.

Agora, caso tenha sido aceite pelo candidato, para a presidência da Comissão Europeia, da alemanha, Ursula von der Leyen, e aprovado pela Eurocâmara, Borrell vai ser, também, o alto representante da união para os negócios Estrangeiros da UE e lidar diretamente com o governo da federação da rússia.

Há vários casos recentes que colocam os europeus e os russos, no lado oposto à interferência do Kremlin, em eleições no continente, e os escândalos da inteligência da morte do ex-espião, Sergei Skripal no Reino Unido e, em particular, as sanções bloquear a atividade da Rússia, no leste da Ucrânia.

Ele expressou o desejo de melhorar as relações com a Europa, recebeu nos últimos meses, com o apoio da Áustria e da Itália, mas ele não está disposto a ceder aos desejos do bloco.

O próprio presidente russo, resumiu a atitude que você adotar, depois de uma reunião com o quase ex-primeiro-ministro do Reino Unido, Theresa may, durante a cimeira do g-20.

“Não temos a intenção de realizar ações agressivas contra alguém, mas sempre a vontade de nossos aliados, de forma proporcional para o tratamento que eles receberam”, disse Putin.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757