Geral

O trabalhador disse que a barragem teve vazamentos nos meses antes da tragédia, – Notícias – R7, Minas Gerais

Fernando perdeu o pai na interrupção para Reproduzir / Gravar programas de TV em Minas

Um operário no Vale, disse nesta segunda-feira (8), que é o reservatório para o Vale, no município de Brumadinho, mostrou um vazamento de lama, cerca de seis meses antes do rompimento da estrutura, e em janeiro deste ano.

O ex-presidente brasileiro Fernando Henrique Barbosa, o Coelho tem sido dada para a Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembléia Legislativa do estado de Minas Gerais. Ele tem trabalhado na área do reservatório, e prestou depoimento na condição de testemunha.

Seu pai, Mr. Henry Coelho, foi um dos sócios de estado da água do feijão e, em seguida, morreu na tragédia. De acordo com Fernando, cerca de seis meses anteriores à quebra, ele foi chamado pelo chefe da Vale, a fim de avaliar um vazamento de lama para a barragem. Na época, ele relatou que a estrutura foi condenada.

Ele estava borbulhando para a superfície da lama na grama. Durante as primeiras horas da manhã, parecia ter a areia e o cascalho, tentando entrar em forma.

De acordo com Fernando, após este tempo, a empresa começou a fazer exercícios e sessões de treinamento. Mas ele afirma não ter sido parte da razão pela qual a empresa de mineração não conseguia parar. Fernando foi advertido por seu pai a não ser na parte inferior do reservatório.

Ele me disse para ficar no topo, e executado quando você ouvir qualquer barulho.

Pela primeira vez na CPI-assinalou-se que a empresa tinha um sistema onde todas as informações sobre a barragem, devem ser notificadas.

Ele tinha um sistema de chamados Geotec, que subiu para os gestores da informação. Também aqui, o IPC de um Vale, se a acareação entre os funcionários de um mesmo conselho de administração da Vale, diz que foi avisado sobre uma falha no afundamento da barragem, um Trabalhador da Pena com base na lama-faria aniversário na próxima semana, o corpo de bombeiros no município de Brumadinho, ganhar honra para a corrida

A companhia Vale do Brasil, é Fabricado Alves de Souza também foram ouvidas. Ele disse que no dia da tragédia, não houve detonação na área de estado, após o rompimento da barragem, ao contrário do que ele diz sobre o chão do vale.

Agora, os deputados querem fazer uma confrontação entre todos os gerentes da empresa de mineração. A comissão também vai pedir uma análise de todo o conteúdo do sistema da empresa para descobrir as falhas no projeto têm sido relatados, e foram esses os profissionais que tinham acesso a eles.

Procurada, a empresa informou que a barragem passou inspeções períódicas, e que, em qualquer um deles, verificou-se o risco de ruptura. A empresa de mineração, foi novamente reiterar que os bombardeios foram realizadas, após o intervalo, na sequência de um horário estabelecido, com o objetivo de eliminar qualquer risco de que está ligado à presença de um buraco carregado com explosivos para o complexo, do Córrego do Feijão.

Aqui está o texto completo da nota, ele

“Barragem, eu tinha todos os pedidos de estabilidade aplicável a ele e é transmitida por uma constante de auditores externos e independentes. Houve inspeções quinzenais, que foram relatados à Agência Nacional de Mineração, e a última é datada do 21/12/2018. O design é agora para a inspeção nos dias 8 e 22 de janeiro deste ano, um registro no sistema de monitoramento do Vale. Em nenhum destes inquéritos detectadas anomalias que apontava para um iminente risco de violação em barragem”

“A Vale esclarece que no dia 25/01, antes do rompimento da barragem, B1, houve nenhuma explosão na mina de água do Feijão e no Futuro. Após o intervalo, a partir de uma perspectiva de segurança, houve dois atentados a bomba, que estavam previstas para ocorrer a uma distância, e que a carga seja seguro. Os bombardeios foram realizados com o objetivo de eliminar qualquer risco de que está ligado à presença de furos, carregado com explosivos, no complexo da água do Feijão”.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757