Geral

Odebrecht: a casa da esposa do ex-presidente do peru, é visto – Online – R7 Internacional

A casa da esposa de um Humala tem sido investigada por Paulo Vallejos/ NEWS – 8.6.2011

O Ministério Público, no Peru, ordenou uma revista a partir desta terça-feira (9) na casa de Nadine Heredia, a esposa do ex-presidente peruano Ollanta Humala, e um adicional de 26 de edifícios e escritórios, dentro de uma investigação de supostos atos de corrupção praticados na adjudicação das obras de construção do Gasoduto do Sul.

A revista começou na parte da manhã, e é realizado pelos funcionários da procuradoria-Geovanna, então esteja Preparado para ser o encarregado de investigar as ramificações do caso, o Fluxo de Lava na Turquia, que pediu e recebeu permissão para o Segundo Tribunal de Investigação, especializado em Crimes de Corrupção de Funcionários.

“Foi estabelecido que o objetivo da medida é necessária, é para encontrar itens e/ou de informações que podem ser de interesse para a investigação, (…), o calendário (notas, e-mails, mensagens de vídeo, de áudio, telefones celulares e outros meios de comunicação-visual, ou o documento físico e/ou software para registrar algum tipo de coordenação entre a investigação”, isto é, de acordo com os exemplos do jornal El Comercio. Veja também: Turquia: tribunal atrasos audiência de Humala para o surgimento de provas-Odebrecht a pagar indenização de cerca de us$ 78,82 milhões para o Peru, os Últimos quatro presidentes do peru, é acusado de Fluxo de Lava que faz com que a economia peruana para crescer mais forte, mesmo depois do escândalo, a Odebrecht arraste os 4 ex-presidentes

Colocados frente a Pedraza, um advogado de costa rica, disse em um comunicado para a imprensa, no peru. é uma ação que “arbitrariamente”, como resultado de pressionar os meios de comunicação contra Humala e sua esposa, além de adicionar que, no presente momento, não foram divulgados, “os elementos”, que levou o tribunal a adotar essa medida.

Este jornal tem lugar após o final de junho, e tem publicado uma série de documentos sobre a construção de provar o alegado pagamento irregular de r$ 3 milhões de euros relacionados com o Gasoduto do Sul, que tem lance, o governo de Humala.

A documentação para se inscrever até o dia 17 de pagamentos associados com o processo de licitação, em obras, onde a Odebrecht, que é no mês de fevereiro, foi assinado um acordo de parceria com o Ministério Público do Peru, não reconheceu os atos de corrupção.

A concessão do Gasoduto do Sul superou os US$ 7 bilhões em 2014, de um lance que levou a investigações, a tributação para os supostos crimes de conluio e de insider trading, que é incompatível, por parte da costa rica.

Esta pesquisa está ligada ao seguinte caso contra Humala e Heredia por uma série de crimes relacionados à lavagem de dinheiro, o Ministério Público solicitou a 20 anos de prisão para o Humala 26 anos e meio para a costa rica.

O casal, de acordo com a procuradoria-geral da república, tinha sido entregue, e escondeu o dinheiro irregular com a organização e o governo da Venezuela para financiar suas campanhas eleitorais em 2006 e 2011.

A empresa de construção brasileira, que tinha pago mais de us$ 3 milhões para a campanha de Humala, dos quais us$ 1 milhão foi recebido pessoalmente pelo costa rica.

O ex-governante e de sua esposa, reuniu-se em abril passado, a nove meses de detenção pré-julgamento, neste caso, até a resolução do Tribunal Constitucional, o qual ordenou a sua libertação para revogar o centro de detenção.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757