BrasilDestaqueGeralNotíciasPoliciaSaúde

Polícia Investiga Morte de Criança em Creche

após surto de diarreia polícia investiga morte de criança de villa velha, ES.

Theo Cypriano, de 2 anos, morreu no dia (27) de março, teve infecção intestinal após surto de diarreia em uma creche particular da Praia da Costa, em Vila Velha, no Espírito Santo. levando a falência dos rins e morte cerebral.

Ele estava internado na UTI de um hospital particular. A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar a morte do menino.

O peritos da polícia estiveram no local, durou mais de três horas. Foram recolhidos materiais que serão enviados para análises. A polícia não tem prazo para ouvir todas as vítimas.

A perícia encontrou uma cervejaria artesanal que funcionava para uso próprio e ficava nos fundos da creche. Foram achados no local a bactéria Escherichia coli, que pode ter sido a causadora do surto de diarreia.
O laudo também apontou que o chafariz da creche estava contaminado com coliformes totais. A creche e a cervejaria artesanal foram interditadas até que as investigações sejam concluídas.

A intenção da polícia agora é saber se houve negligência por parte dos proprietários da creche. A fabrica não tinha alvará de funcionamento. A prefeitura alega que não sabia da existência desse espaço.

Até o momento, foram 17 casos notificados. Segundo a prefeitura de Vila Velha, 10 pessoas que tiveram sintomas continuam hospitalizadas, sendo cinco adultos e cinco crianças.
Uma criança continua na UTI em estado grave. Outras 6 crianças apresentaram melhora e estão em casa.

Bactéria

Resultados de exames feitos em duas crianças mostraram a presença da forma mais grave da bactéria Escherichia Coli. A mesma bactéria que foi encontrada na pequena fábrica de cerveja que funcionava nos fundos da creche.

“É uma bactéria muito agressiva que já causou mortes inclusive fora do país. Nós tivemos infelizmente uma vítima aqui. É uma bactéria que produz toxinas. Esse é um surto grave e nós temos que tomar todos os cuidados porque é um problema que não acabou”, aleta o secretário municipal de saúde, Jarbas Ribeiro.

“É preciso tomar muito cuidado com a higiene das crianças dentro de casa para evitar a transmissão domiciliar”, explicou.

Os primeiros casos apareceram no dia 12 de março e, desde que o caso começou a ser divulgado na imprensa, mais famílias de alunos têm entrado em contato a Vigilância Epidemiológica para passar informações.

A creche suspeita, por nota, nesta segunda-feira (1). Eles disseram solidários à família do aluno Theo, que morreu em decorrência da doença, e informou que todas as documentações da creche e alvarás da vigilância sanitária estão em dia.

“O cuidado com a limpeza e a higiene do local sempre foi uma prioridade. A creche, inclusive , sempre foi citada por técnicos da vigilância sanitária como modelo para outros estabelecimentos do mesmo porte”, diz a nota.

A nota ainda afirma que depois que os pais relataram os casos de diarreia em três alunos foi a própria creche que procurou o setor de Epidemiologia da Prefeitura de Vila Velha e tomou a iniciativa de suspender temporariamente as aulas.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757