Procon notifica Empiricus por propaganda de Bettina

Bettina, o mais novo meme brasileiro

A Empiricus terá de comprovar ao Procon, nas próximas 48h, a veracidade do que foi falado por Bettina Rudolph no anúncio que viralizou na última semana. A peça publicitária, que ganhou enorme atenção na internet, aponta para um crescimento de mais de 600% no patrimônio da jovem em três anos. Em entrevista a VEJA SÃO PAULO, a moça disse que nunca falou que transformou 1520 reais em 1 milhão.

Apesar de ainda não ter sido notificada oficialmente, fontes ligadas à empresa afirmam que a gestão está tranquila em relação ao pedido. Como a série estrelada por Bettina é gratuita, não se trata de um produto. Outro ponto que pode ser abordado pela defesa é o de que o conteúdo ainda nem foi veiculado, portanto é impossível que alguém tenha sido lesado pelo mesmo. “Soubemos da existência da suposta notificação por meio da imprensa, o que nos causou perplexidade. Os conteúdos veiculados não criam nem criaram qualquer tipo de relação de consumo, tratando-se apenas de um convite gratuito para saber mais sobre o assunto” anunciou a companhia através de assessoria.

Mas, segundo nota publicada no site do Procon, a entidade “exige, nos termos do art. 36 do CDC, que a empresa esclareça se o vídeo amplamente veiculado se refere a uma campanha publicitária e, além disso, exige os documentos que comprovem a veracidade do que foi anunciado, com a demonstração da evolução financeira da atriz/depoente, no prazo de 48 horas.”

Felipe Miranda, um dos CEOs da Empiricus, afirmou a VEJA SÃO PAUO que é até possível que Bettina sofra um desgaste de imagem com o episódio, mas isso será compensado pelo número de pessoas que ela vai poder influenciar a partir de agora. E enfatiza que “o objetivo no final, é, obviamente, vender pacotes de assinatura da Empiricus”.

Confira na íntegra nota a divulgada pelo Procon:

A Fundação Procon-SP, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania, notifica a empresa Empiricus para que preste esclarecimentos sobre publicidade veiculada amplamente na internet anunciando ganho de mais de 1 milhão de reais.

Na publicidade, Bettina, uma jovem de 22 anos relata que começou a investir aos 19 comprando ações na bolsa de valores e que a aplicação inicial de R$ 1.520,00 (hum mil quinhentos e vinte reais) em apenas três anos chegou a mais de 1 milhão. Ela garante no anúncio, que investindo nas mesmas ações não tem como ser diferente e que o lucro será proporcionalmente o mesmo que ela obteve.

O pedido de esclarecimentos exige, nos termos do art. 36 do CDC, que a empresa esclareça se o vídeo amplamente veiculado se refere a uma campanha publicitária e, além disso, exige os documentos que compravam a veracidade do que foi anunciado, com a demonstração da evolução financeira da atriz/depoente, no prazo de 48 horas.

 

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar