Geral

Ruiz-Tagle: a saída do BB, é mais um passo na evolução da Neoenergia – Online – R7-Economia

A saída do Banco do Brasil, para o controle da Neoenergia, o que foi possível com a oferta pública inicial de ações (IPO, da sigla em inglês), é um passo na evolução natural da empresa e não vai resultar em uma mudança na estratégia de crescimento da empresa”, disse o presidente-executivo da empresa, Mario Ruiz-Tagle.

“A estratégia não vai mudar, nossa estratégia tem sido a crescer de forma orgânica na distribuição, continuar a fazer os investimentos no setor de energia renovável e tirar o máximo partido de todas as oportunidades que o país tem de continuar a apoiar o desenvolvimento da infraestrutura energética no país”, disse o executivo a jornalistas, após participar de cerimônia, que marcou o início das negociações da participação da empresa no B3.

Ele ressaltou que o IPO foi o culminar do processo de reestruturação da empresa, que começou em 2017, quando ele foi feito para a fusão entre a holding Neoenergia e Elektro, permitindo que a “tomada de controlo da assembleia geral”. A operação também olhou para a abertura do capital da empresa, a fim de habilitar o Banco do Brasil foram para sair de uma empresa e gostaria de ter uma “janela de liquidez”. “O Banco do Brasil, um banco, um banco que não tem um núcleo de negócios para continuar, a 22 anos de investimento”, disse ele.

Ruiz-Tagle, também apontou que a abertura de capital e que vai facilitar a comunicação com o mercado, permitindo uma melhor explicação dos movimentos realizados. A Neoenergia tem sido criticado nos últimos anos devido a sua estratégia de participação em leilões de transmissão, com a aquisição de novos projetos, as propostas foram convidados para o mercado, e é também a disputa pelo distribuidor, em são paulo, a Eletropaulo, que passou a perder a Enel. O executivo disse que as críticas “injustas”. “Somos uma empresa na disciplina, são parte de um grande grupo, que é, a Ibedrola, e ter a disciplina de alocação de capital. Entendemos as críticas do mercado, porque eles não nos conhece, nós vamos ter uma comunicação aberta mais fluido e ter mais espaço para explicar isso”, disse ele, observando que, quando o projeto é entregue, eles vão trazer crescimento e rentabilidade para o grupo.

Copyright © Acessado. Todos os direitos reservados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757