Geral

Uninassau para ganhar a Cruz e lidera o caminho na semifinal da LBF – Pernambuco – R7 folha de dados, Pernambuco

O jogo foi emocionante e digno de uma semifinal entre as duas equipes, que provou ser um regular durante o pré-eliminatória da Folha de Pernambuco

Com muita marcação, desde o início até o final da Uninassau/Cabo de Santo Agostinho, venceu o Vera Cruz-Campinas para 65×51, e passou para a frente na temporada regular e playoffs da Liga de Basquete feminino (LBF). O jogo foi neste sábado (13), no Sesc Santo Amaro, e configurar um duelo de gigantes, nas meias-finais da FT. A dinâmica da equipe, do estado de pernambuco, Brittany Starling, que era para ser o destaque do jogo, com 16 pontos, seguido pelo pivô, Nadia, com oito pontos marcados pela equipe, em são paulo.

O jogo foi emocionante e digno de uma semifinal entre as duas equipes, que provou ser um regular durante a fase de qualificação. Em uma forma, um Uninassau rápido, pronto para competir no ponto-a-ponto. Na outra, uma Cruz-eficiente, com apenas duas derrotas na competição. No início do jogo, pernambucanas tirou melhor proveito dos erros da equipe adversária e encerrou o primeiro trimestre com a 14×13. A guarda de tiro Ineidis de Casanova, foi um dos melhores jogadores em quadra, com quatro assistências. Com o número de lança no fundo, pelo lado do bloco e escapa pelo meio do cubano, em conjunto com Stirling, ele foi responsável por grande parte da emoção do jogo.
Leia mais:Uninassau rostos, para que a Cruz nas meias-finais da LB
FT: Uninassau busca de uma vitória para avançar para o semisUninassau vitória da Vera Cruz, o último invicto na FT

Apesar do bom desempenho e o jogo de tabuleiro, o capitão Roberto Dornelas, eu não estava feliz com a equipe. Na primeira parada técnica, Dornelas pegou a bola, correu no tribunal, e que a Uninassau errasse menos. A aplicação da tecnologia tem sido cumprida. Apesar de todos os repetidos erros, o time brasileiro passou a distribuir melhor a bola, e, mais uma vez, fechou no quadrante na frente de você: 27×26, após a mudança para Casanova. No segundo período de tempo, Starling, que foi o MVP da partida, tínhamos todos a Uninassau abriu uma vantagem de 46×35 na Cruz. Para a maioria do terceiro trimestre, o são paulo não mostre a reação de que era necessária para virar o jogo.

No quarto e último período, o jogo parecia ser tratada. Antonio Carlos Conta foi ofensividade do time, mas, neste momento, a pernambucanas, mostrou que eles estavam dispostos a cumprir com o dever de casa, e não para trás. O resultado final: a vitória da Uninassau/Cabo de Santo Agostinho, para 65×51.

Isto tem a vantagem de Uninassau para o próximo jogo, o treinador Roberto Dornelas não saiu satisfeito com a equipe. “O que temos conseguido é o resultado do trabalho. Espero que o poder dos fãs para nos ajudar a fazer um bom jogo lá. Mesmo se o resultado foi, eu acho, que nós não somos mostrado o belo espetáculo que a equipe é capaz de trazer a público”, lamentou.

Uninassau e a sua Cruz, venha para o encontro da próxima quinta-feira (18), em São Paulo, na segunda mão das meias-finais da FT. A equipe brasileira terá de vencer seus dois jogos na temporada regular e playoffs para avançar para as finais.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/raviera/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757